terça-feira, 27 de outubro de 2009

Cursos Tabajara de línguas para a Copa de 2014



O Brasil sediará a Copa de 2014. Como muitos turistas de todo mundo estarão por aqui, é imprescindível o aprendizado de outros idiomas (em particular o inglês) para a melhor comunicação com eles.
Pensando em auxiliar no aprendizado, foi formulada uma solução prática e rápida!!
Chegou o sensacional e insuperável curso 'The Book is on the Table', com muitas palavras que você usará durante a Copa do Mundo de 2014.

Veja como é fácil!




a) Is we in the tape! = É nóis na fita.
b) Tea with me that I book your face = Chá comigo que eu livro sua cara.
(essa é SEN-SA-CI-O-NAL !!!!! )
c) I am more I = Eu sou mais eu.
d.) Do you want a good-good? = Você quer um bom-bom?
e) Not even come that it doesn't have! = Nem vem que não tem!
f.) She is full of nine o'clock = Ela é cheia de nove horas.
g) I am completely bald of knowing it. = To careca de saber.
h) Ooh! I burned my movie! = Oh! Queimei meu filme!
i) I will wash the mare. = Vou lavar a égua.
j) Go catch little coconuts! = Vai catar coquinho!
k) If you run, the beast catches, if you stay the beast eats! = Se correr, o bicho pega, se ficar o bicho come!
l) Before afternoon than never. = Antes tarde do que nunca.
m) Take out the little horse from the rain = Tire o cavalinho da chuva.
n) The cow went to the swamp. = A vaca foi pro brejo!
o) To give one of John the Armless = Dar uma de João-sem-Braço.



Gostou?

Quer ser poliglota?
Na compra do 'The Book is on the table' você ganha inteiramente grátis o incrível

'The Book is on the table - World version'!!!

Outras línguas:



CHINÊS

a) Cabelo sujo: chen-champu
b)Descalço: chen chinela
c) Top less: chen-chu-tian
d) Náufrago: chen-chu-lancha
f) Pobre: chen luz, chen agua e chen gas

JAPONÊS

a) Adivinhador: komosabe
b) Bicicleta: kasimoto
c) Fim: saka-bo
d) Fraco: yono komo
e) Me roubaram a moto: yonovejo myamaha
f) Meia volta: kasigiro
g) Se foi: non-ta
h) Ainda tenho sede: kiro maisagwa

OUTRAS EM INGLÊS:

a) Banheira giratória: Tina Turner
b) Indivíduo de bom autocontrole: Auto stop
c) Copie bem: copyright
d) Talco para caminhar: walkie talkie

RUSSO

a) Conjunto de árvores: boshke
b) Inseto: moshka
c) Cão comendo donut's: Troski maska roska
d) Piloto: simecaio patatof
e) Prostituta: Lewinsky
f) Sogra: storvo

ALEMÃO

a) Abrir a porta: destranken
b) Bombardeio: bombascaen
c) Chuva: gotascaen
d) Vaso: frask





Vá praticando... Daqui pra lá você vai estar nos trinks...rsrsrs





sábado, 17 de outubro de 2009

Mulher passa semana morando com namorado morto


A polícia de Big Sandy, no Texas (EUA) recebeu um chamado na última sexta. Era um daqueles chamados em que a pessoa reclamava do mau cheiro vindo do apartamento de outra pessoa. No caso, o cara reclamava do apartamento da irmã dele.


A polícia foi até lá e descobriu que estava tudo relativamente bem com a irmã do sujeito, se não fosse por um detalhe – havia um cadáver no sofá.


O corpo era de William Drake, de 50 anos. Pelo estágio de decomposição, os investigadores imaginaram que ele estava morto há pelo menos uma semana. Para a namorada, o problema era bem mais simples. Ela dizia que ele simplesmente não queria deixar o apartamento.


Os dois moravam juntos fazia dez anos e Drake, segundo a polícia, interrompeu um tratamento de diálise que vinha fazendo e morreu de causas naturais.


A mulher, que já havia sido internada uma vez por problemas mentais, voltou pro pinel.




Gente, tem louco pra tudo nesse mundo!!! Cruz Credo!!!

domingo, 27 de setembro de 2009

Dupla Explosiva , com Antonio Banderas e Lucy Liu, é eleito o pior filme da última década


Dupla Explosiva , estrelado por Antonio Banderas e Lucy Liu, foi eleito pelo site norte-americano Rottentomatoes o pior filme da última década, a partir de 2000. A escolha da lista, que traz 100 produções, foi feita com base em críticas de jornais, sites e revistas quando os longas foram lançados. No segundo lugar, temos o terror Uma Chamada Perdida , dirigido por Eric Valette. Logo em seguida, a adaptação do clássico infantil Pinóqio , de Roberto Benigni. Já na quarta posição, aparece Um Milionário em Apuros .


Confira os 10 piores filmes:

1º - Dupla Explosiva

2º - Uma Chamada Perdida

3º - Pinóqio

4º - Um Milionário em Apuros

5º - Os Pilantras

6º - Bebês Geniais 2

7º - Strange Wilderness

8º - Na Terceira Dança

9º - Velocidade sem Limites

10º - Witless Protection

sábado, 25 de julho de 2009

O Telegrama de Juvenal





O Juvenal estava desempregado havia meses.

Com a resistência que só os brasileiros têm, o Juvenal foi tentar mais um emprego em mais uma entrevista. Ao chegar ao escritório, o entrevistador observou que o candidato tinha exatamente perfil desejado, as virtudes ideais e lhe perguntou:

- Qual foi seu último salário?

- 'Salário mínimo', respondeu Juvenal.

- Pois se o Sr. for contratado, ganhará 10 mil dólares por mês!

- Jura?

- Que carro o Sr. tem?

- Na verdade, agora eu só tenho um carrinho pra vender pipoca na rua e um carrinho de mão!

- Pois se o senhor trabalhar conosco ganhará um Audi para você e uma BMW para sua esposa! Tudo zero!

- Jura?

- O senhor viaja muito para o exterior?

- O mais longe que fui foi pra Belo Horizonte, visitar uns parentes...

- Pois se o senhor trabalhar aqui viajará pelo menos 10 vezes por ano, para Londres, Paris, Roma, Mônaco, Nova Iorque, etc.

- Jura?

- E lhe digo mais... O emprego é quase seu. Só não lhe confirmo agora porque tenho que falar com meu gerente. Mas é praticamente garantido. Se até amanhã (6ª feira) à meia-noite o senhor NÃO receber um telegrama nosso cancelando, pode vir trabalhar na segunda-feira com todas essas regalias que eu citei. Então já sabe: se NÃO receber
telegrama cancelando até à meia-noite de amanhã, o emprego é seu!

Juvenal saiu do escritório radiante. Agora era só esperar até a meia-noite da 6ª feira e rezar para que não aparecesse nenhum maldito telegrama. Sexta-feira mais feliz não poderia haver.. E Juvenal reuniu a família e contou as boas novas.

Convocou o bairro todo para uma churrascada comemorativa à base de muita música. Sexta de tarde já tinha um barril de chope aberto. Às 9 horas da noite a festa fervia. A banda tocava, o povo dançava, a bebida rolava solta.
Dez horas, e a mulher de Juvenal aflita, achava tudo um exagero. A vizinha gostosa, interesseira, já se jogava pro lado do Juvenal.

E a banda tocava!

E o chope gelado rolava!

O povo dançava!

Onze horas, Juvenal já era o rei do bairro. Gastaria horrores para o bairro encher a pança. Tudo por conta do primeiro salário. E a mulher resignada, meio aflita, meio alegre, meio boba, meio assustada.

Às onze horas e cinqüenta e cinco minutos....vira na esquina buzinando feito louco, um cara numa motoca amarela... Era do Correio!

A festa parou!

A banda calou!

A tuba engasgou!

Um bêbado arrotou!

Um cachorro uivou!

- Meu Deus, e agora? Quem pagaria a conta da festa?

- Coitado do Juvenal! Era a frase mais ouvida.

- Joguem água na churrasqueira!

O chope esquentou!

A mulher do Juvenal desmaiou!

A motoca parou!

O cara desceu e se dirigiu ao Juvenal:

- Senhor Juvenal Batista Romano Barbieri?

- Si, si, sim, so, so, sou eu...

A multidão não resistiu...

- OOOOOHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!

E o cara da motoca:

- Telegrama para o senhor...

Juvenal não acreditava... Pegou o telegrama, com os olhos cheios d'água, ergueu a cabeça e olhou para todos. Silêncio total. Não se ouvia sequer uma mosca! Juvenal respirou fundo e abriu o envelope do telegrama tremendo, enquanto uma lágrima rolava, molhando o
telegrama..

Olhou de novo para o povo e a consternação era geral. Tirou o telegrama do envelope, abriu e começou a ler. O povo em silêncio aguardava a notícia e se perguntava:

- E agora? Quem vai pagar essa festa toda?

Juvenal recomeçou a ler, levantou os olhos e olhou mais uma vez para o povo que o encarava...

Então, Juvenal abriu um largo sorriso, deu um berro triunfal de alegria e começou a gritar eufórico:

- Mamãe morreeeeuuu! Mamãe morreeeeuuu!!!!!!

sexta-feira, 17 de julho de 2009

27 anos - A idade do mito


Editado recentemente, o livro "The 27s: The Greatest Myth of Rock And Roll", escrito por Eric Segalstada e Josh Hunter, relata todos os grandes nomes do rock e do blues que morreram aos 27 anos de idade. O livro também deixa no ar a pergunta, "por que aos 27 anos?".

Coloco aqui alguns nomes dessa lista sinistra.


BRIAN JONES - guitarrista dos Rolling Stones até 1969, o músico era tão talentoso que se dessem um tijolo na mão dele, o cara conseguia tirar um som. O mais bonitinho dos Stones morreu afogado na piscina de sua casa em julho de 1969.


ALAN WILSON - vocalista da banda de blues californiana Canned Heat, foi encontrado morto, vítima de uma overdose de heroína. O músico sofria de depressão e sua morte foi considerada como suicídio, em setembro de 1970.


JIM MORRISON - O vocalista dos Doors foi encontrado morto na banheira de seu apartamento, em Paris, por sua companheira Pamela Courson, no dia 3 de julho de 1971. Os rumores eram de uma overdose acidental.


JIMI HENDRIX - o maior guitarrista de todos os tempos morreu após ingerir nove comprimidos para dormir, asfixiado pelo vômito, durante o sono, em setembro de 1970. Curiosamente ele trabalhava numa nova letra chamada "The Story Of Life Is Quicker Than The Wink Of An Eye" (A história da vida é tão rápida quanto uma piscada de olho).


JANIS JOPLIN - A maravilhosa voz do blues morreu de uma overdose de heroína, possivelmente combinada com os efeitos do álcool, em Outubro de 1970. Dias antes de sua morte, ela gravou uma fita desejando feliz aniversário ao Beatle John Lennon. O tape chegou à casa de John no dia seguinte da morte da cantora.


KURT COBAIN - Ícone na geração grunge, o líder do Nirvana foi encontrado morto em sua casa, em Seattle, por um eletricista, em abril de 1994.


RON MCKERMAN - também conhecido como PigPen, o músico foi um dos fundadores do Grateful Dead, a mais cultuada das bandas californianas desde a década de 60. Alcoólatra assumido, Pigpen morreu de uma hemorragia gastrointestinal em 1973.


PETE HAM - guitarrista e vocalista da banda Badfinger, grupo britânico do país de Gales, que apareceram no final da década de 60, apadrinhados pelos Beatles. Devido a problemas pessoais e financeiros, o músico se enforcou na garagem de sua casa em abril de 1975.


CHRIS BELL - ao lado do músico Alex Chilton, ele liderou o Big Star, uma cultuada banda norte-americana, do início dos anos setenta. Sua morte veio em consequência de uma depressão por sua homossexualidade reprimida e também pelo uso de heroína. Em 27 de dezembro de 1978, seu carro colidiu contra um poste de iluminação e Chris Bell morreu instantaneamente.


D BOON - vocalista norte-americano e guitarrista do trio punk californiano Minutemen. Sua morte trágica aconteceu em 1985, quando foi acidentalmente jogado para fora da Van em que viajava pelo deserto do Arizona (EUA).


PETE DE FREITAS - baterista do Echo & The Bunnymen, banda da cidade de Liverpool, liderada pelo vocalista Ian McCulloch que teve seu auge na década de 80 . Antes de morrer, Pete tinha entrado com um processo contra o vocalista do Echo & The Bunnymen pedindo uma restituição de 15 mil libras pelas pontas de cigarro que Ian McCulloch atirou nele durante todos os anos que ele esteve na banda. O baterista morreu em 1989 em um acidente de moto viajando de Londres para Liverpool.


ROBERT JOHNSON - o enigmático e histórico bluesman, famoso pelo fato de ter vendido sua alma ao demônio numa encruzilhada, morreu em agosto de 1958. A causa de sua morte foi envenenamento, possivelmente pela mulher com a qual ele convivia.



A lista ainda continua com outros nomes menos famosos, porém, todos com uma história dentro da música pop, mas esse é um daqueles assuntos para se "pensar em casa". Qual é a razão dessa coincidência? Todos aos 27 anos de idade. Será que igual a Robert Johnson, todos não teriam feito algum pacto com o demônio? Cruz credo! Vá de retro Satanás!



Por Kid Vinil, colunista do Yahoo! Brasil



SINISTRO!!!

domingo, 14 de junho de 2009

Sexo Turco


Salim e Samira chegam ao consultório de um terapeuta sexual.
O médico pergunta:
- O que posso fazer por vocês?
O Salim responde:
- O senior, bur vavor, bode ver nois transando?
O médico olha espantado, mas concorda.
Quando a transa termina, o médico diz:
- Não há nada de errado na maneira como vocês fazem sexo!
E então, cobra R$ 70,00 pela consulta.
Isto se repete por várias semanas!
O casal marca horário, faz sexo sem nenhum problema, paga o médico e deixa o consultório.
Finalmente o médico resolve perguntar:
- O que vocês estão tentando descobrir?
E Salim responde:
- Nada. A broblema é que Zamira é casada e Salim não bode ir no casa dela. Eu também sou casado e Zamira não bode ir casa de Salim. Na Play Love Motel, um quarto custa R$ 140,00. Na Fujiama Motel custa R$ 120,00. Aqui nós transa por R$ 70,00, com acompanhamento médico, tem um atestado e recibo, Salim reembolsa R$ 42,00 bêla UNIMED e ainda tem uma restituição da IR de R$ 19,20. Tudo calculado, eu só gasta R$ 8,80...!!!


Obs: como dizem: O que é de gosto é regalo da vida!!! Quem é miserável e pão duro acaba sempre encontrando uma idiota que se submete a qquer coisa.

O Bóris Casoy diria: ISSO É UMA VERGONHA!!!

domingo, 10 de maio de 2009

FELIZ DIA DAS MÃES!!!


Mãe...
Não importa cor ou credo...
Rica ou pobre...
Mãe é sempre mãe...
Sempre presente
Na dor, na doença, na alegria,
Em cada momento da nossa vida
Lá está ela já com algo em mente
Mãe querida, amada, sofrida...
Ignora as discriminações da sociedade
Em prol do seu amor e se preciso for
Da a sua própria vida
Esquece-se de si mesma
Por desejar a vitória do filho
E ao vibrar com as vitórias alcançadas
Nem se lembra de seu próprio mérito
Mãe é como uma flor...
É carinho, cuidado, proteção,
Compreensão, doação, perdão...
Mãe resume tudo o que é amor!
Mãe é a própria canção de amor,
Tocada suavemente em nossos corações...
Agradeço a você mãe
Todo o amor por minha vida!
Por: Star (2004)

sexta-feira, 8 de maio de 2009

SEGREDOS DE UM RELACIONAMENTO


OS CINCO SEGREDOS PARA UM RELACIONAMENTO PERFEITO:


1 - E IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM QUE TENHA DINHEIRO.

2 - E IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM QUE FAÇA VOCE RIR.

3 - E IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM QUE SEJA RESPONSÁVEL E NÃO MINTA PARA VOCÊ.

4 - É IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM BOM DE CAMA E QUE GOSTE DE FAZER AMOR COM VOCÊ.

5 - É EXTREMAMENTE IMPORTANTE QUE ESSES QUATRO HOMENS NUNCA SE ENCONTREM.

sábado, 25 de abril de 2009

Conheça 6 verdades que você precisa saber


No mundo existem muitas coisas que não sabemos, mais existem seis que toda pessoa precisa saber.

1ª Verdade: Ninguém consegue tocar em todos os dentes da boca com a língua.

2ª Verdade: Todos os idiotas, depois de lerem a 1ª verdade, tentam tocar com a língua em todos os dentes que têm na boca…

3ª verdade: Descobrem que a 1ª verdade é mentira.

4ª Verdade: Começam a sorrir, porque concorda que é idiota

5ª Verdade: Tá pensando em pra quem vai enviar essas verdades por e-mail.

6ª Verdade: E continua com o sorriso de idiota na cara

PS : A palavra “idiota” no texto foi só para descontrair.

rsrsrs

segunda-feira, 13 de abril de 2009

BEIJO NA BOCA


É o ponto de partida de qualquer relacionamento.
O coração dispara, o corpo se aquece, a pressão arterial aumenta.
O beijo na boca desperta o corpo.
O olhar, o tato, o paladar, o olfato e a audição se intensificam. Por isso, o desejo sexual cresce, aumentando o prazer. Essa eletrização ocorre porque os parceiros se tocam em um ponto extremamente sensível. Os lábios percebem os toques com a mesma intensidade que a ponta dos dedos. Mas com uma grande vantagem: o apelo erótico.
"Os lábios só perdem em sensibilidade para o clitóris e a glande", afirma o sexólogo americano Daniel Stein.
Um ingrediente extra favorece o prazer: a fantasia.
No imaginário masculino, a boca se assemelha à vulva, o que torna um beijo de língua tremendamente excitante. Para os homens, essa carícia faz lembrar a penetração do pênis na vagina. E mais, o beijo é visto pelos sexólogos como um dos principais ingredientes da vida afetiva. A falta dele pode ser sinal de afetividade em baixa.
"O beijo exige entrosamento, carinho. Se os dois não estão felizes um com o outro, podem até conviver, mas fica ruim se beijar", explica a psicóloga Carla Zeglio, do Instituto Paulista de Sexualidade. "Muitas vezes o casal faz sexo, mas não beija na boca.Falta um sentimento mais forte", Conclui.
A questão da afetividade foi levantada pela pesquisadora inglesa Martha Stein, em 1980, ao avaliar o comportamento de 64 prostitutas. Ela assistiu, escondida em quartos de motel,a 1.230 relações sexuais. Na maioria delas não ocorreu beijo na boca, porque as mulheres temiam se apaixonar se fizessem isso.
Quanto mais se beija, mais se quer beijar.
Esse é o segredo para quem quer resgatar a prática.
"A gente tem de forçar a barra e achar um tempinho para encaixar o beijo na rotina", diz o psicólogo Aílton Amélio. Para despertar o desejo, basta fechar os olhos e relaxar.
Uma delícia, não? Então por que deixar para depois? Quer mais um motivo? Além de ser prazeroso, o beijo traz uma série de benefícios físicos e emocionais. O toque ardente dos lábios movimenta 29 músculos, provoca a pressão de até 12 quilos de um rosto contra o outro e eleva os batimentos cardíacos: eles saltam de 70 para 150 batimentos por minuto. Esse bombeamento sanguíneo aumenta a oxigenação das células, estimula as funções circulatórias e diminui a insônia e as dores de cabeça. A cada beijo de língua, trocam-se 250 bactérias junto com a saliva, o corpo queima 12 calorias e a produção de hormônios aumenta.
O nível de serotonina, substância química que dá a sensação de euforia e relaxamento, cresce. Por isso, beijar na boca acalma, ajuda a liberar sentimentos reprimidos, reduz o complexo de rejeição e alivia o estresse. Tudo em questão de instantes.
FELIZ DIA DO BEIJO!!!

sexta-feira, 13 de março de 2009

Don't ride a Horse, ride a Cowboy!!!


Aiaiai, kd meus sais???
Será q isso existe mesmo ou é só uma miragem do meu pobre cérebro masoquista?
Vai ser lindo assim la em ksa!!!
Vou me perder só nesse olhar... uiaaaaaaaaaaaaaaaaaa
PLOFT!!!

sexta-feira, 6 de março de 2009

O Resgate - Diana Cosby



Ed. 1530 - O Resgate
Autor: DIANA COSBY
Periodicidade: Semanal
Série: Julia
Lançamento: 16/2/2009
Preço: R$ 6,90



Nortúmbria, 1296

Estranhos... inimigos... e amantes!
Com inúmeros motivos para não confiar nos homens, e Nichole Westcott não espera que o escocês perigosamente sedutor que a raptou mantenha a sua palavra. Embora sir Alexander MacGruder tenha prometido não machucá-la, ela sabe que seu único valor é o de uma refém, pela qual pedir resgate.

O objetivo de Alexander é vingar-se do assassinato de seu pai, não envolver-se com uma mulher inimiga. Mas o desejo de manter Nichole a seu lado, inconscientemente faz dela um alvo para aqueles que não têm escrúpulos em derramar sangue inglês... E agora Nichole está encurralada pela poderosa atração que sente por um homem cujo toque lhe desperta um desejo avassalador! Incapazes de resistir um ao outro, poderão Nichole e Alexander salvar o amor do qual se tornaram escravos?...


Meu comentário:

O livro tem tudo pra ser ótimo: um escocês TDB com três irmãos TDB, um conflito histórico inglês x escocês, um sequestro super sensual e, claro, tudo isso em plena Escócia Medieval.
Só q, claro, a NC matou o livro. Os diálogos tem hora q parecem diálogos de primeira série, sei la... meio bobinhos. As vezes da pra perceber q ta faltando algo, e olha q qto a isso eu sou tapada, as cenas hot são boas, mas poderiam ser melhores. O casal tem química, mas tem horas q vc, tipo assim, se perde um pouco achando meio sem nexo, sei la. Seria ótimo se a NC não tivesse mutilado ele. Se por acaso a NC não mutilou (coisa q eu duvído) então a autora é medíocre (coisa q acho meio improvável).
Esquecível.

quinta-feira, 5 de março de 2009

COMO TRATAR AS PESSOAS GROSSAS


Pessoas Grossas... e uma funcionária da GOL esperta.


Para todos os que têm de tratar com clientes irritantes, ou com pessoas que se acham superiores aos outros, aprenda com a funcionária da GOL. Destrua um ignorante sendo original, como ela foi.

Uma funcionária da GOL, no aeroporto de Congonhas, São Paulo, deveria ganhar um prêmio por ter sido esperta, divertida e ter atingido seu objetivo, quando teve que lidar com um passageiro que, provavelmente, merecia voar junto com a bagagem...

Um vôo lotado da GOL foi cancelado. Uma única funcionária atendia e tentava resolver o problema de uma longa fila de passageiros.
De repente, um passageiro irritado cortou toda a fila até o balcão, atirou o bilhete e disse:
- Eu tenho que estar neste vôo, e tem que ser na primeira classe!

A funcionária respondeu:
- O senhor desculpe, terei todo o prazer em ajudar, mas tenho que atender estas pessoas primeiro, já que elas também estão aguardando pacientemente na fila. Quando chegar a sua vez, farei tudo para poder satisfazê-lo.


O passageiro ficou irredutível e disse, bastante alto para que todos na fila ouvissem:
- Você faz alguma idéia de quem eu sou ?

Sem hesitar, a funcionária sorriu, pediu um instante e pegou no microfone anunciando:
- Posso ter um minuto da atenção dos senhores, por favor? (a voz ecoou por todo o terminal).
E continuou:
- Nós temos aqui no balcão um passageiro que não sabe quem é, deve estar perdido... Se alguém é responsável pelo mesmo, ou é parente, ou então puder ajudá-lo a descobrir a sua identidade, favor comparecer aqui no balcão da GOL. Obrigada.

Com as pessoas atrás dele gargalhando histericamente, o homem olhou furiosamente para a funcionária, rangeu os dentes e disse, gritando: - E u v o u te f u d e r !

Sem recuar, ela sorriu e disse:
- Desculpe, meu senhor, mas mesmo para isso, o senhor vai ter que esperar na fila, tem muita gente querendo o mesmo...

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Teste do amor


Para você saber quem te ama de verdade, faça o seguinte teste:

1 - Tranque seu cachorro e sua esposa no porta- malas do carro.
2 - Aguarde exatamente uma hora (uma hora mesmo, senão o teste não dá certo)
.3 - Abra o porta-malas do carro.
4 - Veja quem estará feliz em te ver novamente.




IMPRESSIONANTE!!!!!!!!!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Selinhos!!!!

Q Alegria descobrir q meu blog está agradando!!!
Ganhei tres selinhos muito fofos, só q a burrinha aki não entende muito de selinhos, pelo q entendi tem q indicar dez blogs, mas não sei se isso vale pra todos os selinhos...Os outros selinhos q eu ganhei foi da Rafaela, do Canto de Meninas, mas só coloquei ai ao lado e pronto...
Aff, é muita emoção...hehehe
La vai os selinhos e as respectivas blogueiras:




Este ganhei do blog: http://universofemininoeseusencantos.blogspot.com/



Este ganhei do blog: http://fifilanoir.blogspot.com/


Este ganhei do blog: http://luanacarlaesa.blogspot.com/

Meninas, por favor, me digam qual é o próximo passo, e muitissimo obrigada pelos mimos!!!
Bjkas,
Silvinha Romântica e Maldosa...rsrsrs

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Mulheres



Certo dia, parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.
Pare para refletir sobre o sexto sentido. Alguém duvida de que ele exista?
E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você? E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de vôo. Ela fala pra você levar um casaco, porque ‘vai fazer frio’. Você não leva. O que acontece? O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar. O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro!
“Leve um sapato extra na mala, querido. Vai que você pisa numa poça...”
Se você não levar o ‘sapato extra’, meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu estará, sem dúvida, molhado...
O sexto sentido não faz sentido! É a comunicação direta com Deus! Assim é muito fácil...
As mulheres são mães! E preparam, literalmente, gente dentro de si. Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal? E não satisfeitas em gerar a vida, elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
Fala-se em ‘praga de mãe’, ‘amor de mãe’, ‘coração de mãe’... Tudo isso é meio mágico... Talvez Ele tenha instalado o dispositivo ‘coração de mãe’ nos ‘anjos da guarda’ de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).
As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravasam? Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm um não sei quê que não quer chorar, um não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens... É choro feminino. É choro de mulher...
Já viram como as mulheres conversam com os olhos? Elas conseguem pedir uma a outra para mudar de assunto com apenas um olhar. Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar. E apontam uma terceira pessoa com outro olhar. Quantos tipos de olhar existem? Elas conhecem todos...
Parece que freqüentam escolas diferentes das que freqüentam os homens! E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.
En-fei-ti-çam! E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas? Para estudar os homens, é claro! Embora algumas disfarcem e estudem Exatas...
Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Ele, que estudou, como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era ‘um continente obscuro’.
Quer evidência maior do que essa? Qualquer um que ama se aproxima de Deus. E com as mulheres também é assim. O amor as leva para perto dele, já que Ele é o próprio amor.
Por isso dizem ‘estar nas nuvens’, quando apaixonadas.
É sabido que as mulheres confundem sexo e amor. E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida. Pena que eles nunca verão as mulheres – anjos que têm ao lado. Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo. Mas elas são anjos depois do sexo – amor.
É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos. E levitam. Algumas até voam. Mas os homens não sabem disso. E nem poderiam.
Porque são tomados por um encantamento que os faz dormir nessa hora...

By Luís Fernando Veríssimo

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

ARRUMANDO AS MALAS


Carnaval chegando em Fevereiro. E ai? O q coloco na mala? São só 5 dias!!!
É hora de relaxar e sair da rotina, por isso é bom não exagerar na hora da mala.
O segredo é a organização e lembre-se: nem tudo que você usa em casa vai precisar na hora das férias.


Para a consultora de imagem Bia Kawasaki, itens como livros, sapatos e bolsas pesam muito, então só leve se realmente for usar.
Para evitar exageros, coordene as cores das peças com um mesmo padrão, como preto, marrom e cru, por exemplo. Leve no máximo três sapatos na mala mais o que você viajará.
Dica importante! Os sapatos devem combinar com tudo que tem na mala.
Nada de exagerar nas bolsas também! Bia sugere uma neutra que combine com todas as peças e uma menor para a noite.
Praia e Campo não são passarela, não há necessidade de um conjunto diferente para cada dia. Mude somente as peças de cima sujas.
Acessórios como brincos e colares são leves, aí sim você pode abusar!



Vai à praia?
Conforto e praticidade deverão ser as palavras chaves ao se compor essa mala, não leve peças que amassem ou que te incomodem. Leve um roupa por dia para usar no pós praia com sapatos, bolsa (aquela neutra!) e acessórios combinando. Não esqueça de chinelos, chapéus e saída de banho combinando com os biquínis, e principalmente o protetor solar!



Sugestão para 5 dias

3 vestidos de malha ou sintéticos que não amassem (preto, cru e floral);
1 pijama;
2 lingeries para cada dia (pense em seus decotes e não se esqueça de acertar os sutiãs);
2 shorts /bermudas /saias;
5 camisetas ou blusinhas;
1 toalha de praia;
Acessórios: colares, brincos, cintos, bolsas, óculos de sol e grau.

Mesmo indo para um lugar quente, leve sempre uma roupa de frio e não esqueça de separar a roupa para a viagem de ida e de volta! Prefira peças confortáveis como jeans e camiseta.
Bia alerta que a moda praia 2009 está mais sofisticada, então nada de lacinhos, babadinhos ou enfeitinhos. O foco está na estampa e nos recortes. As antigas cangas foram abolidas, prefira vestidos, trench coats de verão e pantalonas.
Não esqueça de levar protetor solar e repelente. Para os cosméticos, aproveite as embalagens menores. Na hora do make, nada de abusar na quantidade de estojinhos de sombra. Praia pede maquiagem neutra.



Vai ao campo?

2 calças jeans (1 você viajará no corpo);
2 bermudas/ shorts /saias;
1 bota (caso vá cavalgar);
meias para a bota (cor da mesma) e meias brancas soquete;
1 tênis;
2 sandálias confortáveis (uma preta e uma cru);
1 chinelo de borracha combinando com as peças de banho;
1 pijama;
2 lingeries para cada dia (pense em seus decotes e não se esqueça de acertar os sutiãs);
1 camiseta ou blusinha para cada dia;
1 jaqueta jeans ou nylon;
2 conjuntos para prática de esportes ou mais;
1 biquínis ou maiô + a saída de banho e chinelos e chapéu;
3 vestidos de malha ou sintéticos que não amassem (preto, cru e floral);
Acessórios: colares, brincos, cintos, bolsas, óculos de sol e grau.

Não esqueça aqui também um outfit para viagem de ida e uma para a viagem de volta!.



Check List
- Mala
- nécessaire
- sacos para sapato
- sacos para roupa suja.
- Desodorante, escova e pasta de dente,fio dental, Shampoo e condicionador (em embalagens pequenas).
- Sabonete, hidratante, filtro solar e repelente.
- Algodão, cotonetes, absorvente, canivete suíço pequeno, secador (em hotel costuma ter), escova, pente.
- Maquiagem: base, pó, blush, batom, gloss, lápis de boca, sombra, lápis de olho, rímel.
- Documento do carro, passaporte/identidade/ carteira de motorista, seguro saúde, agenda.
- Carregador de celular, maquina fotográfica, pinça, remédios (band-aid e merthiolate), colírio, lentes de contato, óculos de grau, livros, cds, jogos.

Anotou tudo? Agora é só checar a sua mala e boa viagem! Se quiser levar umas coisinhas a mais, tudo bem. Mas não exagere! Férias é a hora de praticar o desapego!



Fonte: ig.moda

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Você já riu hoje?


Pare e pense se rir é algo que faz parte de seu cotidiano. Você riu duas vezes hoje? Apenas uma vez? Nenhuma?
Se não mudar de atitude e aprender a levar a vida de outro modo, é pouco provável que seja feliz. Para aproveitar cada momento, combater o estresse e superar os problemas é indispensável desenvolver o senso de humor, o mais barato remédio natural.
Você sabia que um minuto de riso equivale a 45 minutos de relaxamento, ou que um antigo provérbio chinês afirma que, para ser saudável, é preciso rir pelo menos 30 vezes ao dia?
Ria de si mesmo, não tema o ridículo, cultive o absurdo, procure o bom na adversidade, desdramatize seus medos e idéias irracionais, brinque com a imaginação, cometa alguma loucura de vez em quando, descubra sua faceta cômica, tenha bom humor e não exagere na importância das coisas.
Esses são alguns dos ingredientes desse delicioso prato, diante do qual todos ficam com "água na boca" e com o qual gostaríamos de nos deliciar eternamente: a felicidade.
O bom humor é um dos melhores e mais acessíveis recursos para aproveitar a vida, mesmo diante de ventos contrários.
Alguns conselhos dos psicólogos podem ajudá-lo nessa tarefa saudável de rir mais e melhor.


Gargalhadas contra temores
O humor é uma excelente estratégia para desativar os medos irracionais, como os temores de não corresponder às expectativas, de fracassar, de que as coisas não vão bem, de que outros não compartilhem nossa opinião, de não ser amado, de assumir a responsabilidade por nós mesmos ou de admitir as próprias fraquezas.
Vá para um lugar onde não o incomodem, deite de barriga para cima confortavelmente e, mantendo uma respiração lenta, tensione os músculos da face: faça todos os trejeitos que souber ou puder, como inflar as bochechas, arquear as sobrancelhas, apertar os dentes, mexer o nariz.
Depois, relaxe e lembre que ninguém está vendo. Você verá como todos os músculos do corpo ficam mais leves e terá dado um grande passo para rir de si mesmo.


Aprenda a relativizar os inconvenientes
Os fatos sempre podem ser avaliados de vários ângulos. Você deve buscar novas formas de interpretá-los e encontrar o "lado positivo".
Use a ironia a seu favor, pense que nada é absoluto e adote um estilo mental mais flexível e tolerante. Se tiver que deixar o carro durante muito tempo na oficina, lembre-se de que isso lhe dará a oportunidade de ler um bom livro e olhar a cidade do transporte público, evitando o estresse de dirigir.


Além disso, para rir dos problemas diários e evitar que amarguem a vida, o especialista americano Allen Klein e o psicólogo espanhol José Elías, que dão cursos sobre o uso terapêutico do humor, propõem:
- Esqueça os problemas investindo na fórmula boa notícia/má notícia: Comece anunciando a notícia ruim, e depois a transforme em boa. Por exemplo, a má é que seu marido fugiu com sua melhor amiga, e a boa é que agora comprará dois presentes a menos no próximo Natal.
- Busque apoio para enfrentar algo que parece insuperável: Reúna vários amigos, exponha a eles o problema e peça que lhe proponham soluções ao acaso, com respostas curtas e sem muita reflexão prévia, sem importar se são absurdas ou bobas. Incentive-os a falar suas idéias mais engraçadas.
- Descubra seu senso de humor: Você não é uma pessoa para sempre séria ou engraçada, assim como qualquer outra capacidade, a visão humorística pode ser desenvolvida. Muitas vezes não conta ou se lembra das piadas porque não dá interesse a elas, não sente afinidade, não confia em sua habilidade ou se conformou de que não lembra. Se mudar de atitude, lembrará.
Fonte: yahoo.com.br

sábado, 17 de janeiro de 2009

Casada com um estranho - Sylvia Day

Ed. 1496 - Casada Com Um Estranho
Autor: SYLVIA DAY
Periodicidade: Semanal
Série: Julia
Lançamento:9/6/2008
Preço: R$ 6,90



Inglaterra, 1815
Um amor imprevisível.
Isabel Pelham e Gerard Faulkner formam o casal mais escandaloso de Londres, combinam em todas as coisas - sensualidade, desejo intenso, bom humor, desprezo pelas convenções, atrevimento, e a recusa absoluta de se apaixonarem um pelo outro. Isabel fechou seu coração ao amor e, dos homens, só deseja companhia e prazer. O casamento entre ambos é um acordo dos mais agradáveis, até que uma chocante reviravolta leva Gerard para longe...
Quatro anos depois, ele está de volta. Mas o rapaz farrista e irresponsável foi substituído por um homem sério e charmoso, determinado a seduzir Isabel. O relacionamento descontraído transformou-se numa tentação irresistível, um marido que deseja Isabel de corpo e alma, e que não se deterá diante de nada para conquistar o amor da esposa. Não, aquele não é o homem com quem Isabel se casou mas... é o homem que finalmente poderá roubar seu coração...

Meu comentário:
Eu simplesmente devorei esse livro.
Inusitado, diferente, interessantíssimo, sai totalmente fora dos padrões e eu, que adoro um livro polemico, adorei.
Isabel é mais velha que Gerard e isso, na sociedade da época já seria um escandalo. Imagine então uma viúva mais velha, linda, cortejada por TODOS os homens e que troca de amantes como troca de roupa (nem tanto...rsrsrs).
Enfim, é um romance totalmente envolvente q provavelmente foi tosado pela NC, pois teve umas horas que eu senti um abismo de uma cena pra outra. É super hot e sai totalmente da convencionalidade: mocinha tola e virgem X mocinho bruto e ogro...rsrsrs
AMEI DE PAIXÃO. Já foi pro Hall de melhores. RECOMENDADÍSSIMO.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

POLLYANNA



O título refere-se à protagonista, Pollyanna Witthier, uma jovem órfã que vai viver em Beldingsville, Vermont, com sua abastada mas sisuda tia Polly. A filosofia de vida de Pollyanna é centrada no que ela chama "o Jogo do Contente", uma atitude otimista que ela aprendeu com o seu pai. Esse "jogo" consiste em encontrar algo para se estar contente, em qualquer situação por que passemos. Isso se originou com um incidente num Natal, quando Pollyanna, que estava achando que ia ganhar uma linda boneca, acabou recebendo um par de muletas. Imediatamente o pai de Pollyanna aplicou o jogo, dizendo a ela para ver somente o lado bom dos acontecimentos — nesse caso, ficar contente porque "nós não precisamos delas!".

Com essa filosofia, aliada a uma personalidade radiante e uma alma sincera, simpática e compassiva, Pollyanna traz muita alegria e contentamento para a sombria e triste propriedade da sua tia, a qual ela transforma em um lugar maravilhoso para se viver. O "jogo do contente" protege-a também das atitudes severas e desaprovadoras de sua tia: quando tia Polly a colocou num sótão abafado, sem tapetes ou quadros, ela exultou com a bela vista que se descortinava daquela altura; quando ela tentou "punir" sua sobrinha por estar atrasada para o jantar, dizendo que só iria comer pão e leite, na cozinha, com a cozinheira, Nancy, Pollyanna agradeceu-lhe efusivamente, porque ela gostava de pão e leite, e também gostava de Nancy.



Em breve, Pollyanna ensina a alguns dos mais problemáticos habitantes de Beldingsville a 'jogar o jogo do contente', desde um inválido queixoso chamado Sr. Snow até um solteirão, Sr. Pendleton, que vivia sozinho em uma bagunçada mansão. Até tia Polly – achando-se sem saída diante da animada recusa de Pollyanna em ficar triste e cabisbaixa – aos poucos começa a se tornar mais simpática e amigável, muito embora ela resista ao jogo do contente mais tempo do que qualquer outra pessoa.

Entretanto, até mesmo o extremamente forte otimismo de Pollyanna é posto à prova, quando ela sofre um acidente com um carro e perde o movimento das pernas. A princípio ela não se inteira totalmente da situação, mas seu estado de espírito decai, e muito, quando ela acidentalmente ouve um eminente especialista dizer que ela nunca mais voltará a andar. Depois disso, ela se prostra no leito, incapaz de achar qualquer coisa que a faça ficar contente. Então as pessoas das redondezas começam a visitar a casa de tia Polly, desejosos de fazer Pollyanna saber o quanto o encorajamento dela melhorou as suas vidas; e Pollyanna decide que ela ainda pode se sentir contente, porque tem pernas.



A partir daí, um médico muito compassivo (que tinha sido um antigo amor da tia Polly) revela a existência de uma misteriosa nova "cura" para a lesão da medula espinhal da garota. Pollyanna passa dez meses em um hospital distante, onde ela se recupera e volta a andar; tia Polly e o médico se casam; e a felicidade e o contentamento é geral.



Pollyana é um romance de Eleanor H. Porter, publicado em 1913 e considerado um clássico da literatura infanto-juvenil.
O livro fez tanto sucesso que a autora publicou em 1915 uma continuação, chamada Pollyana Moça. Mais onze Pollyanas se seguiram, muitas delas escritas por Elizabeth Borton ou Harriet Lummis Smith. A mais recente sequência de Pollyana foi publicada no meio dos anos 90, escrita por Colleen L. Reece.

Em 1960 foi lançado o filme Pollyana, pela Disney, dirigido por David Swift e com Hayley Mills no papel-título e Jane Wyman no papel de tia Polly.



Na década de 80, a Nippon Animation, produz o anime (desenho animado japonês) baseado no romance de Pollyanna, e Pollyanna moça, sem as nuances românticas que envolvem Pollyanna já adulta.




Texto adaptado e editado por mim.
Fonte: Wikipedia

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

21 Tipos de orgasmos femininos


Asmática...: Uhh... Uhhh... Uhhh...

Geográfica...: Aqui, aqui, aqui, aqui...

Matemática...: Mais, mais, mais, mais...

Religiosa..: Ai meu Deus, ai meu Deus...

Suicida...: Eu vou morrer , eu vou morrer...

Homicida..: Não pára, senão te maaaaatooo!

Sorveteira...: Ai Kibon, ai Kibon, ai Kibon...

Zootecnista..: Vem, meu macho!!! Vem, meu Macho!!!

Torcedora...: Vai, vai, vai...

Professora de Inglês...: Ohhh!!! YES!!! Ohhh.... my God...

Margarina..: Que Delícia, que Delícia...

Negativa...: Não... Não... Não...

Positiva...: Sim... Sim... Sim...

Pornográfica..: 'P*$# que pariu'... vai, 'filho da .p*%$"... vai...

Serpente Indiana..: Ssssssssss....

Professora...: Sim... isso... por aí... exato... isso....

Sensitiva... Tô sentindo... tô sentindo...

Desinformada...: O que é isso??? O que é isso???

Degustadora...: Ai, gostoso... gostoso...

Cozinheira..: Mexe... Mexe... Mexe...

Casada...: Olha só... a empregada não limpou o lustre direito!!!


rsrsrs

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

A RAINHA INJUSTIÇADA



Marie Antoinette Josèphe Jeanne de Habsbourg-Lorraine (Viena, 2 de novembro 1755 - Paris, 16 de Outubro 1793), arquiduquesa da Áustria e rainha consorte da França de 1774 até a Revolução Francesa, em 1789, era a filha mais nova de Maria Teresa de Hasburgo e de Francisco Estevão de Lorena, respectivamente, rainha soberana da Áustria e imperador do Sacro Império Romano Germânico. Casou-se em 1770, aos catorze anos de idade, com o delfim francês Luís Augusto, que, em 1774, tornou-se o rei de França, com o nome de Luís XVI.




A infância de Maria Antonieta teve como cenário a corte de Viena. Ainda é conhecido hoje em dia o seu noivado com Mozart, o grande compositor, que, sendo então apenas uma criança de 5 anos, acreditava ingenuamente estar noivo da formosa filha dos soberanos do Sacro Império Romano-Germânico. Sua formação foi católica conservadora rígida.
A sua mãe, a Imperatriz Maria Teresa da Áustria, seguindo a prática dos soberanos da época, colocou o casamento dos seus filhos ao serviço da sua política externa. O casamento de Maria Antonieta com o delfim (príncipe real) de França, Luís Augusto, futuro Luís XVI, foi o corolário de uma política que visava a reconciliação da Casa de Habsburgo com a Casa de Bourbon, limitando assim as ambições da Prússia e Inglaterra.




Sendo filha da Imperatriz da Áustria, Maria Antonieta estaria vocacionada a exercer alguma influência política na França. Casou em 1770, com apenas catorze anos, tornando-se rainha com dezoito anos, quando o seu marido foi coroado rei Luís XVI.



No início da sua vida em Versalhes, num piscar de olhos, Maria Antonieta usou sua nova posição para criar uma certa "fantasia". Dispensou boa parte das damas de companhia, e povoou a corte de gente jovem e elegante. A Rainha adorava organizar corridas de cavalo, e se divertia em passeios de carruagem. Estas, por ordem dela, corriam a toda velocidade.
O que mais fascinava Maria Antonieta, entretanto, eram as festas das noites parisienses, e a animação das mesmas. Freqüentava óperas, teatros, e participava de bailes. Nestes, as mulheres compareciam mascaradas. Assim, podia se misturar com plebeus, sem ser, no entanto, reconhecida. Luís XVI não se incomodava em deixá-la ir se divertir sem ele. Maria Antonieta teve várias amigas, como a princesa de Lamballe e a duquesa de Polignac. Maria Antonieta, também, interessou-se pela filosofia política, história, e literatura.



Em 1774, com a morte de Luis XV, seu marido Luís Augusto foi coroado como Luís XVI. O povo a amava mas ainda era vítima de piadas por não gerar um filho. Entretanto, em 1781 Maria Antonieta teve sua primeira filha, Maria Teresa Carlota.




Ao ter sua primeira filha, Luis XVI deu-lhe de presente o célebre Petit Trianon, um palácio de pequenas dimensões nas imediações de Versalhes, o qual denominou "novo refúgio". Existindo, afinal, uma "mini-villa" campestre, onde havia vários animais do campo, uma horta e, obviamente, criados para a manutenção do espaço, Maria Antonieta tornou-se mais simples, algo notável nas suas roupas, que se tornavam agora menos complexas e luxuosas. Supostamente, ali terá conhecido o conde Fersen, com quem manteve um romance. Porém este tempo de paz veria o fim brevemente, após diversos escândalos do interior do palácio que viraram manchetes políticas, e de um Inverno rigoroso, que destronou a produção agrícola e emergiu a população num autêntico morticínio, devido à escassez de alimentos e ao frio e, consequentemente, à fome. Estava prestes a começar o declínio de Maria Antonieta.




Tendo desautorizado as reformas financeiras propostas por Turgot e Necker, os seus inimigos apelidaram-na de "a austríaca", "madame" ou "rainha do déficit". O escândalo provocado pelo caso do colar de diamantes e a campanha de panfletos denegrindo a sua imagem levou-a a um certo isolamento, deixando de receber audiências de nobres e literatos, o que a afastou ainda mais da alta sociedade francesa. Atribui-se, à Maria Antonieta, uma famosa frase: "Se não têm pão, que sirvam brioches", que teria sido proferida a uma de suas camareiras certa vez que um grupo de pobres foi ao palácio pedir pão para comer. No entanto, é consenso entre os historiadores que a rainha nunca disse a frase, que acabou sendo usada contra ela durante a Revolução Francesa. Os registros históricos mostram, claramente, que, na época de sua coroação, Maria Antonieta se angustiava com a situação dos pobres. Em uma de suas cartas à mãe, ela chega a comentar o alto preço do pão. Diz, também, o seguinte: "Tendo visto as pessoas nos tratarem tão bem, apesar de suas desgraças, estamos ainda mais obrigados a trabalhar pela felicidade deles".



Em 1789, a família real foi detida no palácio de Versailles e levada pelos revolucionários para o Palácio das Tulherias. Ficou aí detida com seu marido e filhos, até que, em 1792, com o auxílio do conde Axel Fersen, foi tentada uma fuga, mas foram reconhecidos e detidos quando passavam em Varennes. Esse episódio ficou conhecido como a Noite de Varennes.
Durante a Revolução, os seus inimigos alegavam que ela recusava as possibilidades de acordo com os moderados, procurando que o rei favorecesse os extremistas para inflamar mais a batalha. Depois da fuga e prisão em Varennes, alegavam também que ela procurava romper um conflito bélico entre França e Áustria, esperando a derrota francesa.
Depois da execução de Luís XVI, Maria Antonieta ficou conhecida como "Viúva Capeto", sendo condenada à morte por traição, morrendo na guilhotina em 16 de Outubro de 1793.



Maria Antonieta sentou-se sobre um assento de madeira. Dois meses de Conciergerie haviam feito daquela rainha de 38 anos uma velha. Seus olhos estavam vermelhos de tanto chorar, com hemorragia e os seus cabelos loiros ficaram brancos. O presidente procedeu o interrogatório. Quando lhe foi perguntado seu nome, a acusada respondeu, com voz alta e clara: "Maria Antonieta da Áustria e da Lorena, trinta e oito anos, viúva do rei da França."
As perguntas sucederam-se de modo desordenado, algumas sem a menor importância. De repente, houve o testemunho sensacional de um sapateiro, um certo Simon: Maria Antonieta, durante seu cativeiro, teria submetido seu jovem filho a atos incestuosos. A acusada ficou pálida e visivelmente emocionada: "A natureza se recusa a permitir tal acusação feita a uma mãe", gritou ela: "Eu apelo a todas as mães que por ventura aqui estiverem". Esse tom sofrido produziu sobre todos uma forte impressão. As pessoas recusaram-se a acreditar em tamanha monstruosidade.
Em seguida, foi a vez das testemunhas. Quarenta e uma pessoas desfilaram por ali, sem fazer qualquer contribuição útil ao processo. No interrogatório, ela foi acusada de ser a instigadora da Guerra Civil. Depois veio a defesa e, então, Maria Antonieta foi condenada à morte e foi decapitada no dia 16 de outubro de 1793.


O Brasil sediará a Copa de 2014. Como muitos turistas de todo mundo estarão por aqui, é imprescindível o aprendizado de outros idiomas (em particular o inglês) para a melhor comunicação com eles.
Pensando em auxiliar no aprendizado, foi formulada uma solução prática e rápida!!
Chegou o sensacional e insuperável curso 'The Book is on the Table', com muitas palavras que você usará durante a Copa do Mundo de 2014.

Veja como é fácil!




a) Is we in the tape! = É nóis na fita.
b) Tea with me that I book your face = Chá comigo que eu livro sua cara.
(essa é SEN-SA-CI-O-NAL !!!!! )
c) I am more I = Eu sou mais eu.
d.) Do you want a good-good? = Você quer um bom-bom?
e) Not even come that it doesn't have! = Nem vem que não tem!
f.) She is full of nine o'clock = Ela é cheia de nove horas.
g) I am completely bald of knowing it. = To careca de saber.
h) Ooh! I burned my movie! = Oh! Queimei meu filme!
i) I will wash the mare. = Vou lavar a égua.
j) Go catch little coconuts! = Vai catar coquinho!
k) If you run, the beast catches, if you stay the beast eats! = Se correr, o bicho pega, se ficar o bicho come!
l) Before afternoon than never. = Antes tarde do que nunca.
m) Take out the little horse from the rain = Tire o cavalinho da chuva.
n) The cow went to the swamp. = A vaca foi pro brejo!
o) To give one of John the Armless = Dar uma de João-sem-Braço.



Gostou?

Quer ser poliglota?
Na compra do 'The Book is on the table' você ganha inteiramente grátis o incrível

'The Book is on the table - World version'!!!

Outras línguas:



CHINÊS

a) Cabelo sujo: chen-champu
b)Descalço: chen chinela
c) Top less: chen-chu-tian
d) Náufrago: chen-chu-lancha
f) Pobre: chen luz, chen agua e chen gas

JAPONÊS

a) Adivinhador: komosabe
b) Bicicleta: kasimoto
c) Fim: saka-bo
d) Fraco: yono komo
e) Me roubaram a moto: yonovejo myamaha
f) Meia volta: kasigiro
g) Se foi: non-ta
h) Ainda tenho sede: kiro maisagwa

OUTRAS EM INGLÊS:

a) Banheira giratória: Tina Turner
b) Indivíduo de bom autocontrole: Auto stop
c) Copie bem: copyright
d) Talco para caminhar: walkie talkie

RUSSO

a) Conjunto de árvores: boshke
b) Inseto: moshka
c) Cão comendo donut's: Troski maska roska
d) Piloto: simecaio patatof
e) Prostituta: Lewinsky
f) Sogra: storvo

ALEMÃO

a) Abrir a porta: destranken
b) Bombardeio: bombascaen
c) Chuva: gotascaen
d) Vaso: frask





Vá praticando... Daqui pra lá você vai estar nos trinks...rsrsrs






A polícia de Big Sandy, no Texas (EUA) recebeu um chamado na última sexta. Era um daqueles chamados em que a pessoa reclamava do mau cheiro vindo do apartamento de outra pessoa. No caso, o cara reclamava do apartamento da irmã dele.


A polícia foi até lá e descobriu que estava tudo relativamente bem com a irmã do sujeito, se não fosse por um detalhe – havia um cadáver no sofá.


O corpo era de William Drake, de 50 anos. Pelo estágio de decomposição, os investigadores imaginaram que ele estava morto há pelo menos uma semana. Para a namorada, o problema era bem mais simples. Ela dizia que ele simplesmente não queria deixar o apartamento.


Os dois moravam juntos fazia dez anos e Drake, segundo a polícia, interrompeu um tratamento de diálise que vinha fazendo e morreu de causas naturais.


A mulher, que já havia sido internada uma vez por problemas mentais, voltou pro pinel.




Gente, tem louco pra tudo nesse mundo!!! Cruz Credo!!!

Dupla Explosiva , estrelado por Antonio Banderas e Lucy Liu, foi eleito pelo site norte-americano Rottentomatoes o pior filme da última década, a partir de 2000. A escolha da lista, que traz 100 produções, foi feita com base em críticas de jornais, sites e revistas quando os longas foram lançados. No segundo lugar, temos o terror Uma Chamada Perdida , dirigido por Eric Valette. Logo em seguida, a adaptação do clássico infantil Pinóqio , de Roberto Benigni. Já na quarta posição, aparece Um Milionário em Apuros .


Confira os 10 piores filmes:

1º - Dupla Explosiva

2º - Uma Chamada Perdida

3º - Pinóqio

4º - Um Milionário em Apuros

5º - Os Pilantras

6º - Bebês Geniais 2

7º - Strange Wilderness

8º - Na Terceira Dança

9º - Velocidade sem Limites

10º - Witless Protection




O Juvenal estava desempregado havia meses.

Com a resistência que só os brasileiros têm, o Juvenal foi tentar mais um emprego em mais uma entrevista. Ao chegar ao escritório, o entrevistador observou que o candidato tinha exatamente perfil desejado, as virtudes ideais e lhe perguntou:

- Qual foi seu último salário?

- 'Salário mínimo', respondeu Juvenal.

- Pois se o Sr. for contratado, ganhará 10 mil dólares por mês!

- Jura?

- Que carro o Sr. tem?

- Na verdade, agora eu só tenho um carrinho pra vender pipoca na rua e um carrinho de mão!

- Pois se o senhor trabalhar conosco ganhará um Audi para você e uma BMW para sua esposa! Tudo zero!

- Jura?

- O senhor viaja muito para o exterior?

- O mais longe que fui foi pra Belo Horizonte, visitar uns parentes...

- Pois se o senhor trabalhar aqui viajará pelo menos 10 vezes por ano, para Londres, Paris, Roma, Mônaco, Nova Iorque, etc.

- Jura?

- E lhe digo mais... O emprego é quase seu. Só não lhe confirmo agora porque tenho que falar com meu gerente. Mas é praticamente garantido. Se até amanhã (6ª feira) à meia-noite o senhor NÃO receber um telegrama nosso cancelando, pode vir trabalhar na segunda-feira com todas essas regalias que eu citei. Então já sabe: se NÃO receber
telegrama cancelando até à meia-noite de amanhã, o emprego é seu!

Juvenal saiu do escritório radiante. Agora era só esperar até a meia-noite da 6ª feira e rezar para que não aparecesse nenhum maldito telegrama. Sexta-feira mais feliz não poderia haver.. E Juvenal reuniu a família e contou as boas novas.

Convocou o bairro todo para uma churrascada comemorativa à base de muita música. Sexta de tarde já tinha um barril de chope aberto. Às 9 horas da noite a festa fervia. A banda tocava, o povo dançava, a bebida rolava solta.
Dez horas, e a mulher de Juvenal aflita, achava tudo um exagero. A vizinha gostosa, interesseira, já se jogava pro lado do Juvenal.

E a banda tocava!

E o chope gelado rolava!

O povo dançava!

Onze horas, Juvenal já era o rei do bairro. Gastaria horrores para o bairro encher a pança. Tudo por conta do primeiro salário. E a mulher resignada, meio aflita, meio alegre, meio boba, meio assustada.

Às onze horas e cinqüenta e cinco minutos....vira na esquina buzinando feito louco, um cara numa motoca amarela... Era do Correio!

A festa parou!

A banda calou!

A tuba engasgou!

Um bêbado arrotou!

Um cachorro uivou!

- Meu Deus, e agora? Quem pagaria a conta da festa?

- Coitado do Juvenal! Era a frase mais ouvida.

- Joguem água na churrasqueira!

O chope esquentou!

A mulher do Juvenal desmaiou!

A motoca parou!

O cara desceu e se dirigiu ao Juvenal:

- Senhor Juvenal Batista Romano Barbieri?

- Si, si, sim, so, so, sou eu...

A multidão não resistiu...

- OOOOOHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!

E o cara da motoca:

- Telegrama para o senhor...

Juvenal não acreditava... Pegou o telegrama, com os olhos cheios d'água, ergueu a cabeça e olhou para todos. Silêncio total. Não se ouvia sequer uma mosca! Juvenal respirou fundo e abriu o envelope do telegrama tremendo, enquanto uma lágrima rolava, molhando o
telegrama..

Olhou de novo para o povo e a consternação era geral. Tirou o telegrama do envelope, abriu e começou a ler. O povo em silêncio aguardava a notícia e se perguntava:

- E agora? Quem vai pagar essa festa toda?

Juvenal recomeçou a ler, levantou os olhos e olhou mais uma vez para o povo que o encarava...

Então, Juvenal abriu um largo sorriso, deu um berro triunfal de alegria e começou a gritar eufórico:

- Mamãe morreeeeuuu! Mamãe morreeeeuuu!!!!!!

Editado recentemente, o livro "The 27s: The Greatest Myth of Rock And Roll", escrito por Eric Segalstada e Josh Hunter, relata todos os grandes nomes do rock e do blues que morreram aos 27 anos de idade. O livro também deixa no ar a pergunta, "por que aos 27 anos?".

Coloco aqui alguns nomes dessa lista sinistra.


BRIAN JONES - guitarrista dos Rolling Stones até 1969, o músico era tão talentoso que se dessem um tijolo na mão dele, o cara conseguia tirar um som. O mais bonitinho dos Stones morreu afogado na piscina de sua casa em julho de 1969.


ALAN WILSON - vocalista da banda de blues californiana Canned Heat, foi encontrado morto, vítima de uma overdose de heroína. O músico sofria de depressão e sua morte foi considerada como suicídio, em setembro de 1970.


JIM MORRISON - O vocalista dos Doors foi encontrado morto na banheira de seu apartamento, em Paris, por sua companheira Pamela Courson, no dia 3 de julho de 1971. Os rumores eram de uma overdose acidental.


JIMI HENDRIX - o maior guitarrista de todos os tempos morreu após ingerir nove comprimidos para dormir, asfixiado pelo vômito, durante o sono, em setembro de 1970. Curiosamente ele trabalhava numa nova letra chamada "The Story Of Life Is Quicker Than The Wink Of An Eye" (A história da vida é tão rápida quanto uma piscada de olho).


JANIS JOPLIN - A maravilhosa voz do blues morreu de uma overdose de heroína, possivelmente combinada com os efeitos do álcool, em Outubro de 1970. Dias antes de sua morte, ela gravou uma fita desejando feliz aniversário ao Beatle John Lennon. O tape chegou à casa de John no dia seguinte da morte da cantora.


KURT COBAIN - Ícone na geração grunge, o líder do Nirvana foi encontrado morto em sua casa, em Seattle, por um eletricista, em abril de 1994.


RON MCKERMAN - também conhecido como PigPen, o músico foi um dos fundadores do Grateful Dead, a mais cultuada das bandas californianas desde a década de 60. Alcoólatra assumido, Pigpen morreu de uma hemorragia gastrointestinal em 1973.


PETE HAM - guitarrista e vocalista da banda Badfinger, grupo britânico do país de Gales, que apareceram no final da década de 60, apadrinhados pelos Beatles. Devido a problemas pessoais e financeiros, o músico se enforcou na garagem de sua casa em abril de 1975.


CHRIS BELL - ao lado do músico Alex Chilton, ele liderou o Big Star, uma cultuada banda norte-americana, do início dos anos setenta. Sua morte veio em consequência de uma depressão por sua homossexualidade reprimida e também pelo uso de heroína. Em 27 de dezembro de 1978, seu carro colidiu contra um poste de iluminação e Chris Bell morreu instantaneamente.


D BOON - vocalista norte-americano e guitarrista do trio punk californiano Minutemen. Sua morte trágica aconteceu em 1985, quando foi acidentalmente jogado para fora da Van em que viajava pelo deserto do Arizona (EUA).


PETE DE FREITAS - baterista do Echo & The Bunnymen, banda da cidade de Liverpool, liderada pelo vocalista Ian McCulloch que teve seu auge na década de 80 . Antes de morrer, Pete tinha entrado com um processo contra o vocalista do Echo & The Bunnymen pedindo uma restituição de 15 mil libras pelas pontas de cigarro que Ian McCulloch atirou nele durante todos os anos que ele esteve na banda. O baterista morreu em 1989 em um acidente de moto viajando de Londres para Liverpool.


ROBERT JOHNSON - o enigmático e histórico bluesman, famoso pelo fato de ter vendido sua alma ao demônio numa encruzilhada, morreu em agosto de 1958. A causa de sua morte foi envenenamento, possivelmente pela mulher com a qual ele convivia.



A lista ainda continua com outros nomes menos famosos, porém, todos com uma história dentro da música pop, mas esse é um daqueles assuntos para se "pensar em casa". Qual é a razão dessa coincidência? Todos aos 27 anos de idade. Será que igual a Robert Johnson, todos não teriam feito algum pacto com o demônio? Cruz credo! Vá de retro Satanás!



Por Kid Vinil, colunista do Yahoo! Brasil



SINISTRO!!!

Salim e Samira chegam ao consultório de um terapeuta sexual.
O médico pergunta:
- O que posso fazer por vocês?
O Salim responde:
- O senior, bur vavor, bode ver nois transando?
O médico olha espantado, mas concorda.
Quando a transa termina, o médico diz:
- Não há nada de errado na maneira como vocês fazem sexo!
E então, cobra R$ 70,00 pela consulta.
Isto se repete por várias semanas!
O casal marca horário, faz sexo sem nenhum problema, paga o médico e deixa o consultório.
Finalmente o médico resolve perguntar:
- O que vocês estão tentando descobrir?
E Salim responde:
- Nada. A broblema é que Zamira é casada e Salim não bode ir no casa dela. Eu também sou casado e Zamira não bode ir casa de Salim. Na Play Love Motel, um quarto custa R$ 140,00. Na Fujiama Motel custa R$ 120,00. Aqui nós transa por R$ 70,00, com acompanhamento médico, tem um atestado e recibo, Salim reembolsa R$ 42,00 bêla UNIMED e ainda tem uma restituição da IR de R$ 19,20. Tudo calculado, eu só gasta R$ 8,80...!!!


Obs: como dizem: O que é de gosto é regalo da vida!!! Quem é miserável e pão duro acaba sempre encontrando uma idiota que se submete a qquer coisa.

O Bóris Casoy diria: ISSO É UMA VERGONHA!!!

Mãe...
Não importa cor ou credo...
Rica ou pobre...
Mãe é sempre mãe...
Sempre presente
Na dor, na doença, na alegria,
Em cada momento da nossa vida
Lá está ela já com algo em mente
Mãe querida, amada, sofrida...
Ignora as discriminações da sociedade
Em prol do seu amor e se preciso for
Da a sua própria vida
Esquece-se de si mesma
Por desejar a vitória do filho
E ao vibrar com as vitórias alcançadas
Nem se lembra de seu próprio mérito
Mãe é como uma flor...
É carinho, cuidado, proteção,
Compreensão, doação, perdão...
Mãe resume tudo o que é amor!
Mãe é a própria canção de amor,
Tocada suavemente em nossos corações...
Agradeço a você mãe
Todo o amor por minha vida!
Por: Star (2004)

OS CINCO SEGREDOS PARA UM RELACIONAMENTO PERFEITO:


1 - E IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM QUE TENHA DINHEIRO.

2 - E IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM QUE FAÇA VOCE RIR.

3 - E IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM QUE SEJA RESPONSÁVEL E NÃO MINTA PARA VOCÊ.

4 - É IMPORTANTE ENCONTRAR UM HOMEM BOM DE CAMA E QUE GOSTE DE FAZER AMOR COM VOCÊ.

5 - É EXTREMAMENTE IMPORTANTE QUE ESSES QUATRO HOMENS NUNCA SE ENCONTREM.


No mundo existem muitas coisas que não sabemos, mais existem seis que toda pessoa precisa saber.

1ª Verdade: Ninguém consegue tocar em todos os dentes da boca com a língua.

2ª Verdade: Todos os idiotas, depois de lerem a 1ª verdade, tentam tocar com a língua em todos os dentes que têm na boca…

3ª verdade: Descobrem que a 1ª verdade é mentira.

4ª Verdade: Começam a sorrir, porque concorda que é idiota

5ª Verdade: Tá pensando em pra quem vai enviar essas verdades por e-mail.

6ª Verdade: E continua com o sorriso de idiota na cara

PS : A palavra “idiota” no texto foi só para descontrair.

rsrsrs

É o ponto de partida de qualquer relacionamento.
O coração dispara, o corpo se aquece, a pressão arterial aumenta.
O beijo na boca desperta o corpo.
O olhar, o tato, o paladar, o olfato e a audição se intensificam. Por isso, o desejo sexual cresce, aumentando o prazer. Essa eletrização ocorre porque os parceiros se tocam em um ponto extremamente sensível. Os lábios percebem os toques com a mesma intensidade que a ponta dos dedos. Mas com uma grande vantagem: o apelo erótico.
"Os lábios só perdem em sensibilidade para o clitóris e a glande", afirma o sexólogo americano Daniel Stein.
Um ingrediente extra favorece o prazer: a fantasia.
No imaginário masculino, a boca se assemelha à vulva, o que torna um beijo de língua tremendamente excitante. Para os homens, essa carícia faz lembrar a penetração do pênis na vagina. E mais, o beijo é visto pelos sexólogos como um dos principais ingredientes da vida afetiva. A falta dele pode ser sinal de afetividade em baixa.
"O beijo exige entrosamento, carinho. Se os dois não estão felizes um com o outro, podem até conviver, mas fica ruim se beijar", explica a psicóloga Carla Zeglio, do Instituto Paulista de Sexualidade. "Muitas vezes o casal faz sexo, mas não beija na boca.Falta um sentimento mais forte", Conclui.
A questão da afetividade foi levantada pela pesquisadora inglesa Martha Stein, em 1980, ao avaliar o comportamento de 64 prostitutas. Ela assistiu, escondida em quartos de motel,a 1.230 relações sexuais. Na maioria delas não ocorreu beijo na boca, porque as mulheres temiam se apaixonar se fizessem isso.
Quanto mais se beija, mais se quer beijar.
Esse é o segredo para quem quer resgatar a prática.
"A gente tem de forçar a barra e achar um tempinho para encaixar o beijo na rotina", diz o psicólogo Aílton Amélio. Para despertar o desejo, basta fechar os olhos e relaxar.
Uma delícia, não? Então por que deixar para depois? Quer mais um motivo? Além de ser prazeroso, o beijo traz uma série de benefícios físicos e emocionais. O toque ardente dos lábios movimenta 29 músculos, provoca a pressão de até 12 quilos de um rosto contra o outro e eleva os batimentos cardíacos: eles saltam de 70 para 150 batimentos por minuto. Esse bombeamento sanguíneo aumenta a oxigenação das células, estimula as funções circulatórias e diminui a insônia e as dores de cabeça. A cada beijo de língua, trocam-se 250 bactérias junto com a saliva, o corpo queima 12 calorias e a produção de hormônios aumenta.
O nível de serotonina, substância química que dá a sensação de euforia e relaxamento, cresce. Por isso, beijar na boca acalma, ajuda a liberar sentimentos reprimidos, reduz o complexo de rejeição e alivia o estresse. Tudo em questão de instantes.
FELIZ DIA DO BEIJO!!!

Aiaiai, kd meus sais???
Será q isso existe mesmo ou é só uma miragem do meu pobre cérebro masoquista?
Vai ser lindo assim la em ksa!!!
Vou me perder só nesse olhar... uiaaaaaaaaaaaaaaaaaa
PLOFT!!!


Ed. 1530 - O Resgate
Autor: DIANA COSBY
Periodicidade: Semanal
Série: Julia
Lançamento: 16/2/2009
Preço: R$ 6,90



Nortúmbria, 1296

Estranhos... inimigos... e amantes!
Com inúmeros motivos para não confiar nos homens, e Nichole Westcott não espera que o escocês perigosamente sedutor que a raptou mantenha a sua palavra. Embora sir Alexander MacGruder tenha prometido não machucá-la, ela sabe que seu único valor é o de uma refém, pela qual pedir resgate.

O objetivo de Alexander é vingar-se do assassinato de seu pai, não envolver-se com uma mulher inimiga. Mas o desejo de manter Nichole a seu lado, inconscientemente faz dela um alvo para aqueles que não têm escrúpulos em derramar sangue inglês... E agora Nichole está encurralada pela poderosa atração que sente por um homem cujo toque lhe desperta um desejo avassalador! Incapazes de resistir um ao outro, poderão Nichole e Alexander salvar o amor do qual se tornaram escravos?...


Meu comentário:

O livro tem tudo pra ser ótimo: um escocês TDB com três irmãos TDB, um conflito histórico inglês x escocês, um sequestro super sensual e, claro, tudo isso em plena Escócia Medieval.
Só q, claro, a NC matou o livro. Os diálogos tem hora q parecem diálogos de primeira série, sei la... meio bobinhos. As vezes da pra perceber q ta faltando algo, e olha q qto a isso eu sou tapada, as cenas hot são boas, mas poderiam ser melhores. O casal tem química, mas tem horas q vc, tipo assim, se perde um pouco achando meio sem nexo, sei la. Seria ótimo se a NC não tivesse mutilado ele. Se por acaso a NC não mutilou (coisa q eu duvído) então a autora é medíocre (coisa q acho meio improvável).
Esquecível.

Pessoas Grossas... e uma funcionária da GOL esperta.


Para todos os que têm de tratar com clientes irritantes, ou com pessoas que se acham superiores aos outros, aprenda com a funcionária da GOL. Destrua um ignorante sendo original, como ela foi.

Uma funcionária da GOL, no aeroporto de Congonhas, São Paulo, deveria ganhar um prêmio por ter sido esperta, divertida e ter atingido seu objetivo, quando teve que lidar com um passageiro que, provavelmente, merecia voar junto com a bagagem...

Um vôo lotado da GOL foi cancelado. Uma única funcionária atendia e tentava resolver o problema de uma longa fila de passageiros.
De repente, um passageiro irritado cortou toda a fila até o balcão, atirou o bilhete e disse:
- Eu tenho que estar neste vôo, e tem que ser na primeira classe!

A funcionária respondeu:
- O senhor desculpe, terei todo o prazer em ajudar, mas tenho que atender estas pessoas primeiro, já que elas também estão aguardando pacientemente na fila. Quando chegar a sua vez, farei tudo para poder satisfazê-lo.


O passageiro ficou irredutível e disse, bastante alto para que todos na fila ouvissem:
- Você faz alguma idéia de quem eu sou ?

Sem hesitar, a funcionária sorriu, pediu um instante e pegou no microfone anunciando:
- Posso ter um minuto da atenção dos senhores, por favor? (a voz ecoou por todo o terminal).
E continuou:
- Nós temos aqui no balcão um passageiro que não sabe quem é, deve estar perdido... Se alguém é responsável pelo mesmo, ou é parente, ou então puder ajudá-lo a descobrir a sua identidade, favor comparecer aqui no balcão da GOL. Obrigada.

Com as pessoas atrás dele gargalhando histericamente, o homem olhou furiosamente para a funcionária, rangeu os dentes e disse, gritando: - E u v o u te f u d e r !

Sem recuar, ela sorriu e disse:
- Desculpe, meu senhor, mas mesmo para isso, o senhor vai ter que esperar na fila, tem muita gente querendo o mesmo...

Para você saber quem te ama de verdade, faça o seguinte teste:

1 - Tranque seu cachorro e sua esposa no porta- malas do carro.
2 - Aguarde exatamente uma hora (uma hora mesmo, senão o teste não dá certo)
.3 - Abra o porta-malas do carro.
4 - Veja quem estará feliz em te ver novamente.




IMPRESSIONANTE!!!!!!!!!
Q Alegria descobrir q meu blog está agradando!!!
Ganhei tres selinhos muito fofos, só q a burrinha aki não entende muito de selinhos, pelo q entendi tem q indicar dez blogs, mas não sei se isso vale pra todos os selinhos...Os outros selinhos q eu ganhei foi da Rafaela, do Canto de Meninas, mas só coloquei ai ao lado e pronto...
Aff, é muita emoção...hehehe
La vai os selinhos e as respectivas blogueiras:




Este ganhei do blog: http://universofemininoeseusencantos.blogspot.com/



Este ganhei do blog: http://fifilanoir.blogspot.com/


Este ganhei do blog: http://luanacarlaesa.blogspot.com/

Meninas, por favor, me digam qual é o próximo passo, e muitissimo obrigada pelos mimos!!!
Bjkas,
Silvinha Romântica e Maldosa...rsrsrs


Certo dia, parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.
Pare para refletir sobre o sexto sentido. Alguém duvida de que ele exista?
E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você? E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de vôo. Ela fala pra você levar um casaco, porque ‘vai fazer frio’. Você não leva. O que acontece? O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar. O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro!
“Leve um sapato extra na mala, querido. Vai que você pisa numa poça...”
Se você não levar o ‘sapato extra’, meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu estará, sem dúvida, molhado...
O sexto sentido não faz sentido! É a comunicação direta com Deus! Assim é muito fácil...
As mulheres são mães! E preparam, literalmente, gente dentro de si. Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal? E não satisfeitas em gerar a vida, elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
Fala-se em ‘praga de mãe’, ‘amor de mãe’, ‘coração de mãe’... Tudo isso é meio mágico... Talvez Ele tenha instalado o dispositivo ‘coração de mãe’ nos ‘anjos da guarda’ de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).
As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravasam? Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm um não sei quê que não quer chorar, um não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens... É choro feminino. É choro de mulher...
Já viram como as mulheres conversam com os olhos? Elas conseguem pedir uma a outra para mudar de assunto com apenas um olhar. Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar. E apontam uma terceira pessoa com outro olhar. Quantos tipos de olhar existem? Elas conhecem todos...
Parece que freqüentam escolas diferentes das que freqüentam os homens! E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.
En-fei-ti-çam! E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas? Para estudar os homens, é claro! Embora algumas disfarcem e estudem Exatas...
Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Ele, que estudou, como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era ‘um continente obscuro’.
Quer evidência maior do que essa? Qualquer um que ama se aproxima de Deus. E com as mulheres também é assim. O amor as leva para perto dele, já que Ele é o próprio amor.
Por isso dizem ‘estar nas nuvens’, quando apaixonadas.
É sabido que as mulheres confundem sexo e amor. E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida. Pena que eles nunca verão as mulheres – anjos que têm ao lado. Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo. Mas elas são anjos depois do sexo – amor.
É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos. E levitam. Algumas até voam. Mas os homens não sabem disso. E nem poderiam.
Porque são tomados por um encantamento que os faz dormir nessa hora...

By Luís Fernando Veríssimo

Carnaval chegando em Fevereiro. E ai? O q coloco na mala? São só 5 dias!!!
É hora de relaxar e sair da rotina, por isso é bom não exagerar na hora da mala.
O segredo é a organização e lembre-se: nem tudo que você usa em casa vai precisar na hora das férias.


Para a consultora de imagem Bia Kawasaki, itens como livros, sapatos e bolsas pesam muito, então só leve se realmente for usar.
Para evitar exageros, coordene as cores das peças com um mesmo padrão, como preto, marrom e cru, por exemplo. Leve no máximo três sapatos na mala mais o que você viajará.
Dica importante! Os sapatos devem combinar com tudo que tem na mala.
Nada de exagerar nas bolsas também! Bia sugere uma neutra que combine com todas as peças e uma menor para a noite.
Praia e Campo não são passarela, não há necessidade de um conjunto diferente para cada dia. Mude somente as peças de cima sujas.
Acessórios como brincos e colares são leves, aí sim você pode abusar!



Vai à praia?
Conforto e praticidade deverão ser as palavras chaves ao se compor essa mala, não leve peças que amassem ou que te incomodem. Leve um roupa por dia para usar no pós praia com sapatos, bolsa (aquela neutra!) e acessórios combinando. Não esqueça de chinelos, chapéus e saída de banho combinando com os biquínis, e principalmente o protetor solar!



Sugestão para 5 dias

3 vestidos de malha ou sintéticos que não amassem (preto, cru e floral);
1 pijama;
2 lingeries para cada dia (pense em seus decotes e não se esqueça de acertar os sutiãs);
2 shorts /bermudas /saias;
5 camisetas ou blusinhas;
1 toalha de praia;
Acessórios: colares, brincos, cintos, bolsas, óculos de sol e grau.

Mesmo indo para um lugar quente, leve sempre uma roupa de frio e não esqueça de separar a roupa para a viagem de ida e de volta! Prefira peças confortáveis como jeans e camiseta.
Bia alerta que a moda praia 2009 está mais sofisticada, então nada de lacinhos, babadinhos ou enfeitinhos. O foco está na estampa e nos recortes. As antigas cangas foram abolidas, prefira vestidos, trench coats de verão e pantalonas.
Não esqueça de levar protetor solar e repelente. Para os cosméticos, aproveite as embalagens menores. Na hora do make, nada de abusar na quantidade de estojinhos de sombra. Praia pede maquiagem neutra.



Vai ao campo?

2 calças jeans (1 você viajará no corpo);
2 bermudas/ shorts /saias;
1 bota (caso vá cavalgar);
meias para a bota (cor da mesma) e meias brancas soquete;
1 tênis;
2 sandálias confortáveis (uma preta e uma cru);
1 chinelo de borracha combinando com as peças de banho;
1 pijama;
2 lingeries para cada dia (pense em seus decotes e não se esqueça de acertar os sutiãs);
1 camiseta ou blusinha para cada dia;
1 jaqueta jeans ou nylon;
2 conjuntos para prática de esportes ou mais;
1 biquínis ou maiô + a saída de banho e chinelos e chapéu;
3 vestidos de malha ou sintéticos que não amassem (preto, cru e floral);
Acessórios: colares, brincos, cintos, bolsas, óculos de sol e grau.

Não esqueça aqui também um outfit para viagem de ida e uma para a viagem de volta!.



Check List
- Mala
- nécessaire
- sacos para sapato
- sacos para roupa suja.
- Desodorante, escova e pasta de dente,fio dental, Shampoo e condicionador (em embalagens pequenas).
- Sabonete, hidratante, filtro solar e repelente.
- Algodão, cotonetes, absorvente, canivete suíço pequeno, secador (em hotel costuma ter), escova, pente.
- Maquiagem: base, pó, blush, batom, gloss, lápis de boca, sombra, lápis de olho, rímel.
- Documento do carro, passaporte/identidade/ carteira de motorista, seguro saúde, agenda.
- Carregador de celular, maquina fotográfica, pinça, remédios (band-aid e merthiolate), colírio, lentes de contato, óculos de grau, livros, cds, jogos.

Anotou tudo? Agora é só checar a sua mala e boa viagem! Se quiser levar umas coisinhas a mais, tudo bem. Mas não exagere! Férias é a hora de praticar o desapego!



Fonte: ig.moda

Pare e pense se rir é algo que faz parte de seu cotidiano. Você riu duas vezes hoje? Apenas uma vez? Nenhuma?
Se não mudar de atitude e aprender a levar a vida de outro modo, é pouco provável que seja feliz. Para aproveitar cada momento, combater o estresse e superar os problemas é indispensável desenvolver o senso de humor, o mais barato remédio natural.
Você sabia que um minuto de riso equivale a 45 minutos de relaxamento, ou que um antigo provérbio chinês afirma que, para ser saudável, é preciso rir pelo menos 30 vezes ao dia?
Ria de si mesmo, não tema o ridículo, cultive o absurdo, procure o bom na adversidade, desdramatize seus medos e idéias irracionais, brinque com a imaginação, cometa alguma loucura de vez em quando, descubra sua faceta cômica, tenha bom humor e não exagere na importância das coisas.
Esses são alguns dos ingredientes desse delicioso prato, diante do qual todos ficam com "água na boca" e com o qual gostaríamos de nos deliciar eternamente: a felicidade.
O bom humor é um dos melhores e mais acessíveis recursos para aproveitar a vida, mesmo diante de ventos contrários.
Alguns conselhos dos psicólogos podem ajudá-lo nessa tarefa saudável de rir mais e melhor.


Gargalhadas contra temores
O humor é uma excelente estratégia para desativar os medos irracionais, como os temores de não corresponder às expectativas, de fracassar, de que as coisas não vão bem, de que outros não compartilhem nossa opinião, de não ser amado, de assumir a responsabilidade por nós mesmos ou de admitir as próprias fraquezas.
Vá para um lugar onde não o incomodem, deite de barriga para cima confortavelmente e, mantendo uma respiração lenta, tensione os músculos da face: faça todos os trejeitos que souber ou puder, como inflar as bochechas, arquear as sobrancelhas, apertar os dentes, mexer o nariz.
Depois, relaxe e lembre que ninguém está vendo. Você verá como todos os músculos do corpo ficam mais leves e terá dado um grande passo para rir de si mesmo.


Aprenda a relativizar os inconvenientes
Os fatos sempre podem ser avaliados de vários ângulos. Você deve buscar novas formas de interpretá-los e encontrar o "lado positivo".
Use a ironia a seu favor, pense que nada é absoluto e adote um estilo mental mais flexível e tolerante. Se tiver que deixar o carro durante muito tempo na oficina, lembre-se de que isso lhe dará a oportunidade de ler um bom livro e olhar a cidade do transporte público, evitando o estresse de dirigir.


Além disso, para rir dos problemas diários e evitar que amarguem a vida, o especialista americano Allen Klein e o psicólogo espanhol José Elías, que dão cursos sobre o uso terapêutico do humor, propõem:
- Esqueça os problemas investindo na fórmula boa notícia/má notícia: Comece anunciando a notícia ruim, e depois a transforme em boa. Por exemplo, a má é que seu marido fugiu com sua melhor amiga, e a boa é que agora comprará dois presentes a menos no próximo Natal.
- Busque apoio para enfrentar algo que parece insuperável: Reúna vários amigos, exponha a eles o problema e peça que lhe proponham soluções ao acaso, com respostas curtas e sem muita reflexão prévia, sem importar se são absurdas ou bobas. Incentive-os a falar suas idéias mais engraçadas.
- Descubra seu senso de humor: Você não é uma pessoa para sempre séria ou engraçada, assim como qualquer outra capacidade, a visão humorística pode ser desenvolvida. Muitas vezes não conta ou se lembra das piadas porque não dá interesse a elas, não sente afinidade, não confia em sua habilidade ou se conformou de que não lembra. Se mudar de atitude, lembrará.
Fonte: yahoo.com.br
Ed. 1496 - Casada Com Um Estranho
Autor: SYLVIA DAY
Periodicidade: Semanal
Série: Julia
Lançamento:9/6/2008
Preço: R$ 6,90



Inglaterra, 1815
Um amor imprevisível.
Isabel Pelham e Gerard Faulkner formam o casal mais escandaloso de Londres, combinam em todas as coisas - sensualidade, desejo intenso, bom humor, desprezo pelas convenções, atrevimento, e a recusa absoluta de se apaixonarem um pelo outro. Isabel fechou seu coração ao amor e, dos homens, só deseja companhia e prazer. O casamento entre ambos é um acordo dos mais agradáveis, até que uma chocante reviravolta leva Gerard para longe...
Quatro anos depois, ele está de volta. Mas o rapaz farrista e irresponsável foi substituído por um homem sério e charmoso, determinado a seduzir Isabel. O relacionamento descontraído transformou-se numa tentação irresistível, um marido que deseja Isabel de corpo e alma, e que não se deterá diante de nada para conquistar o amor da esposa. Não, aquele não é o homem com quem Isabel se casou mas... é o homem que finalmente poderá roubar seu coração...

Meu comentário:
Eu simplesmente devorei esse livro.
Inusitado, diferente, interessantíssimo, sai totalmente fora dos padrões e eu, que adoro um livro polemico, adorei.
Isabel é mais velha que Gerard e isso, na sociedade da época já seria um escandalo. Imagine então uma viúva mais velha, linda, cortejada por TODOS os homens e que troca de amantes como troca de roupa (nem tanto...rsrsrs).
Enfim, é um romance totalmente envolvente q provavelmente foi tosado pela NC, pois teve umas horas que eu senti um abismo de uma cena pra outra. É super hot e sai totalmente da convencionalidade: mocinha tola e virgem X mocinho bruto e ogro...rsrsrs
AMEI DE PAIXÃO. Já foi pro Hall de melhores. RECOMENDADÍSSIMO.


O título refere-se à protagonista, Pollyanna Witthier, uma jovem órfã que vai viver em Beldingsville, Vermont, com sua abastada mas sisuda tia Polly. A filosofia de vida de Pollyanna é centrada no que ela chama "o Jogo do Contente", uma atitude otimista que ela aprendeu com o seu pai. Esse "jogo" consiste em encontrar algo para se estar contente, em qualquer situação por que passemos. Isso se originou com um incidente num Natal, quando Pollyanna, que estava achando que ia ganhar uma linda boneca, acabou recebendo um par de muletas. Imediatamente o pai de Pollyanna aplicou o jogo, dizendo a ela para ver somente o lado bom dos acontecimentos — nesse caso, ficar contente porque "nós não precisamos delas!".

Com essa filosofia, aliada a uma personalidade radiante e uma alma sincera, simpática e compassiva, Pollyanna traz muita alegria e contentamento para a sombria e triste propriedade da sua tia, a qual ela transforma em um lugar maravilhoso para se viver. O "jogo do contente" protege-a também das atitudes severas e desaprovadoras de sua tia: quando tia Polly a colocou num sótão abafado, sem tapetes ou quadros, ela exultou com a bela vista que se descortinava daquela altura; quando ela tentou "punir" sua sobrinha por estar atrasada para o jantar, dizendo que só iria comer pão e leite, na cozinha, com a cozinheira, Nancy, Pollyanna agradeceu-lhe efusivamente, porque ela gostava de pão e leite, e também gostava de Nancy.



Em breve, Pollyanna ensina a alguns dos mais problemáticos habitantes de Beldingsville a 'jogar o jogo do contente', desde um inválido queixoso chamado Sr. Snow até um solteirão, Sr. Pendleton, que vivia sozinho em uma bagunçada mansão. Até tia Polly – achando-se sem saída diante da animada recusa de Pollyanna em ficar triste e cabisbaixa – aos poucos começa a se tornar mais simpática e amigável, muito embora ela resista ao jogo do contente mais tempo do que qualquer outra pessoa.

Entretanto, até mesmo o extremamente forte otimismo de Pollyanna é posto à prova, quando ela sofre um acidente com um carro e perde o movimento das pernas. A princípio ela não se inteira totalmente da situação, mas seu estado de espírito decai, e muito, quando ela acidentalmente ouve um eminente especialista dizer que ela nunca mais voltará a andar. Depois disso, ela se prostra no leito, incapaz de achar qualquer coisa que a faça ficar contente. Então as pessoas das redondezas começam a visitar a casa de tia Polly, desejosos de fazer Pollyanna saber o quanto o encorajamento dela melhorou as suas vidas; e Pollyanna decide que ela ainda pode se sentir contente, porque tem pernas.



A partir daí, um médico muito compassivo (que tinha sido um antigo amor da tia Polly) revela a existência de uma misteriosa nova "cura" para a lesão da medula espinhal da garota. Pollyanna passa dez meses em um hospital distante, onde ela se recupera e volta a andar; tia Polly e o médico se casam; e a felicidade e o contentamento é geral.



Pollyana é um romance de Eleanor H. Porter, publicado em 1913 e considerado um clássico da literatura infanto-juvenil.
O livro fez tanto sucesso que a autora publicou em 1915 uma continuação, chamada Pollyana Moça. Mais onze Pollyanas se seguiram, muitas delas escritas por Elizabeth Borton ou Harriet Lummis Smith. A mais recente sequência de Pollyana foi publicada no meio dos anos 90, escrita por Colleen L. Reece.

Em 1960 foi lançado o filme Pollyana, pela Disney, dirigido por David Swift e com Hayley Mills no papel-título e Jane Wyman no papel de tia Polly.



Na década de 80, a Nippon Animation, produz o anime (desenho animado japonês) baseado no romance de Pollyanna, e Pollyanna moça, sem as nuances românticas que envolvem Pollyanna já adulta.




Texto adaptado e editado por mim.
Fonte: Wikipedia

Asmática...: Uhh... Uhhh... Uhhh...

Geográfica...: Aqui, aqui, aqui, aqui...

Matemática...: Mais, mais, mais, mais...

Religiosa..: Ai meu Deus, ai meu Deus...

Suicida...: Eu vou morrer , eu vou morrer...

Homicida..: Não pára, senão te maaaaatooo!

Sorveteira...: Ai Kibon, ai Kibon, ai Kibon...

Zootecnista..: Vem, meu macho!!! Vem, meu Macho!!!

Torcedora...: Vai, vai, vai...

Professora de Inglês...: Ohhh!!! YES!!! Ohhh.... my God...

Margarina..: Que Delícia, que Delícia...

Negativa...: Não... Não... Não...

Positiva...: Sim... Sim... Sim...

Pornográfica..: 'P*$# que pariu'... vai, 'filho da .p*%$"... vai...

Serpente Indiana..: Ssssssssss....

Professora...: Sim... isso... por aí... exato... isso....

Sensitiva... Tô sentindo... tô sentindo...

Desinformada...: O que é isso??? O que é isso???

Degustadora...: Ai, gostoso... gostoso...

Cozinheira..: Mexe... Mexe... Mexe...

Casada...: Olha só... a empregada não limpou o lustre direito!!!


rsrsrs


Marie Antoinette Josèphe Jeanne de Habsbourg-Lorraine (Viena, 2 de novembro 1755 - Paris, 16 de Outubro 1793), arquiduquesa da Áustria e rainha consorte da França de 1774 até a Revolução Francesa, em 1789, era a filha mais nova de Maria Teresa de Hasburgo e de Francisco Estevão de Lorena, respectivamente, rainha soberana da Áustria e imperador do Sacro Império Romano Germânico. Casou-se em 1770, aos catorze anos de idade, com o delfim francês Luís Augusto, que, em 1774, tornou-se o rei de França, com o nome de Luís XVI.




A infância de Maria Antonieta teve como cenário a corte de Viena. Ainda é conhecido hoje em dia o seu noivado com Mozart, o grande compositor, que, sendo então apenas uma criança de 5 anos, acreditava ingenuamente estar noivo da formosa filha dos soberanos do Sacro Império Romano-Germânico. Sua formação foi católica conservadora rígida.
A sua mãe, a Imperatriz Maria Teresa da Áustria, seguindo a prática dos soberanos da época, colocou o casamento dos seus filhos ao serviço da sua política externa. O casamento de Maria Antonieta com o delfim (príncipe real) de França, Luís Augusto, futuro Luís XVI, foi o corolário de uma política que visava a reconciliação da Casa de Habsburgo com a Casa de Bourbon, limitando assim as ambições da Prússia e Inglaterra.




Sendo filha da Imperatriz da Áustria, Maria Antonieta estaria vocacionada a exercer alguma influência política na França. Casou em 1770, com apenas catorze anos, tornando-se rainha com dezoito anos, quando o seu marido foi coroado rei Luís XVI.



No início da sua vida em Versalhes, num piscar de olhos, Maria Antonieta usou sua nova posição para criar uma certa "fantasia". Dispensou boa parte das damas de companhia, e povoou a corte de gente jovem e elegante. A Rainha adorava organizar corridas de cavalo, e se divertia em passeios de carruagem. Estas, por ordem dela, corriam a toda velocidade.
O que mais fascinava Maria Antonieta, entretanto, eram as festas das noites parisienses, e a animação das mesmas. Freqüentava óperas, teatros, e participava de bailes. Nestes, as mulheres compareciam mascaradas. Assim, podia se misturar com plebeus, sem ser, no entanto, reconhecida. Luís XVI não se incomodava em deixá-la ir se divertir sem ele. Maria Antonieta teve várias amigas, como a princesa de Lamballe e a duquesa de Polignac. Maria Antonieta, também, interessou-se pela filosofia política, história, e literatura.



Em 1774, com a morte de Luis XV, seu marido Luís Augusto foi coroado como Luís XVI. O povo a amava mas ainda era vítima de piadas por não gerar um filho. Entretanto, em 1781 Maria Antonieta teve sua primeira filha, Maria Teresa Carlota.




Ao ter sua primeira filha, Luis XVI deu-lhe de presente o célebre Petit Trianon, um palácio de pequenas dimensões nas imediações de Versalhes, o qual denominou "novo refúgio". Existindo, afinal, uma "mini-villa" campestre, onde havia vários animais do campo, uma horta e, obviamente, criados para a manutenção do espaço, Maria Antonieta tornou-se mais simples, algo notável nas suas roupas, que se tornavam agora menos complexas e luxuosas. Supostamente, ali terá conhecido o conde Fersen, com quem manteve um romance. Porém este tempo de paz veria o fim brevemente, após diversos escândalos do interior do palácio que viraram manchetes políticas, e de um Inverno rigoroso, que destronou a produção agrícola e emergiu a população num autêntico morticínio, devido à escassez de alimentos e ao frio e, consequentemente, à fome. Estava prestes a começar o declínio de Maria Antonieta.




Tendo desautorizado as reformas financeiras propostas por Turgot e Necker, os seus inimigos apelidaram-na de "a austríaca", "madame" ou "rainha do déficit". O escândalo provocado pelo caso do colar de diamantes e a campanha de panfletos denegrindo a sua imagem levou-a a um certo isolamento, deixando de receber audiências de nobres e literatos, o que a afastou ainda mais da alta sociedade francesa. Atribui-se, à Maria Antonieta, uma famosa frase: "Se não têm pão, que sirvam brioches", que teria sido proferida a uma de suas camareiras certa vez que um grupo de pobres foi ao palácio pedir pão para comer. No entanto, é consenso entre os historiadores que a rainha nunca disse a frase, que acabou sendo usada contra ela durante a Revolução Francesa. Os registros históricos mostram, claramente, que, na época de sua coroação, Maria Antonieta se angustiava com a situação dos pobres. Em uma de suas cartas à mãe, ela chega a comentar o alto preço do pão. Diz, também, o seguinte: "Tendo visto as pessoas nos tratarem tão bem, apesar de suas desgraças, estamos ainda mais obrigados a trabalhar pela felicidade deles".



Em 1789, a família real foi detida no palácio de Versailles e levada pelos revolucionários para o Palácio das Tulherias. Ficou aí detida com seu marido e filhos, até que, em 1792, com o auxílio do conde Axel Fersen, foi tentada uma fuga, mas foram reconhecidos e detidos quando passavam em Varennes. Esse episódio ficou conhecido como a Noite de Varennes.
Durante a Revolução, os seus inimigos alegavam que ela recusava as possibilidades de acordo com os moderados, procurando que o rei favorecesse os extremistas para inflamar mais a batalha. Depois da fuga e prisão em Varennes, alegavam também que ela procurava romper um conflito bélico entre França e Áustria, esperando a derrota francesa.
Depois da execução de Luís XVI, Maria Antonieta ficou conhecida como "Viúva Capeto", sendo condenada à morte por traição, morrendo na guilhotina em 16 de Outubro de 1793.



Maria Antonieta sentou-se sobre um assento de madeira. Dois meses de Conciergerie haviam feito daquela rainha de 38 anos uma velha. Seus olhos estavam vermelhos de tanto chorar, com hemorragia e os seus cabelos loiros ficaram brancos. O presidente procedeu o interrogatório. Quando lhe foi perguntado seu nome, a acusada respondeu, com voz alta e clara: "Maria Antonieta da Áustria e da Lorena, trinta e oito anos, viúva do rei da França."
As perguntas sucederam-se de modo desordenado, algumas sem a menor importância. De repente, houve o testemunho sensacional de um sapateiro, um certo Simon: Maria Antonieta, durante seu cativeiro, teria submetido seu jovem filho a atos incestuosos. A acusada ficou pálida e visivelmente emocionada: "A natureza se recusa a permitir tal acusação feita a uma mãe", gritou ela: "Eu apelo a todas as mães que por ventura aqui estiverem". Esse tom sofrido produziu sobre todos uma forte impressão. As pessoas recusaram-se a acreditar em tamanha monstruosidade.
Em seguida, foi a vez das testemunhas. Quarenta e uma pessoas desfilaram por ali, sem fazer qualquer contribuição útil ao processo. No interrogatório, ela foi acusada de ser a instigadora da Guerra Civil. Depois veio a defesa e, então, Maria Antonieta foi condenada à morte e foi decapitada no dia 16 de outubro de 1793.